Esp. Carros Japoneses: Mitsubishi Eclipse

A abertura do Brasil para as importações no início dos anos 1990 trouxe todo um mundo de carros que não víamos desde 1976, quando foram proibidas, e um desses modelos que chegaram logo de inicio foi o Eclipse, vamos a ele.

A Mitsubishi foi uma das marcas que chegaram ao país com a abertura de mercado trazendo uma serie de modelos com visual moderno, vários opcionais e "preço" convidativo - pelo menos para quem podia pagar na época. Como o país tinha carência de esportivos a marca japonesa tratou de trazer o Eclipse, que já fazia sucesso nos Estados Unidos devido aos fatores que citei acima, e aqui não foi diferente. A três primeiras gerações vieram ao Brasil a quarta infelizmente não, e é ela o foco do post, que se caracteriza por um visual imponente com uma carroceria musculosa, linhas curvas, sem grandes excessos e um interior confortável. A mecânica se destacava pelo motor V6 de 3,8 litros que gerava 266 cv de potência na versão GT. Na Matchbox eu apresento o Mitsubishi Eclipse da linha básica 2006 com pintura cinza e rodas 9Y.












O Eclispe nunca foi exatamente super esportivo, mas cumpria o que prometia na condição de ser um esportivo simples para quem buscava diversão e praticidade sem ter que gastar muito, a quarta geração mesmo é um reflexo dessa proposta com o seu visual bonito e moderno.

Em relação a mini, eu vivi a minha adolescência vendo o Eclispe nas ruas, por isso quando me tornei colecionador o desejo de ter as suas gerações era grande, a primeira delas esta ai e na versão Matchbox que é muito legal com belos detalhes como pintura nos faróis, retrovisores e teto panorâmico.

Esse exemplar eu consegui com o amigo e grande colecionador de Salvador, Rodrigo Lobo, em dezembro do ano passado.

Conheça mais sobre o Mitsubishi Eclipse no especial Custo-benéficio no mundo esporte do site Best Car (em português).

Comentários

  1. Parabéns pelas fotos, essa primeira... show de bola! Abraços!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas