Reflexões: Colecionar no blister ou loose?

De repente em um belo dia você começa a pegar as primeiras miniaturas e quando se da conta a coleção esta iniciada, e ai vem a questão, manter lacradas ou abrir?

Essa é uma questão que sempre aparece nos grupos das redes sociais e nos fóruns de colecionadores quando os mesmos eram referência em informação, pode parecer algo simples no colecionismos, mas acredite pode gerar discussões bem acaloradas, por isso resolvi apresentar as vantagens e desvantagens de cada com a minha opinião no final.

Miniaturas no blister

Para quem é novo no hobby, blister é como são chamadas as embalagens do tipo cartela das miniaturas, cada marca da uma atenção diferente para elas que podem ser simples ou verdadeiras obras de arte, mas isso vai ser papo para uma outra postagem, no momento o foco aqui é outro, por isso vamos aos seus pontos positivos e negativos.

Vantagens

Preservam a pintura de cada uma das partes da miniatura;
Preservam os pneus de borracha evitando que fiquem moles ou se desfaçam com o tempo;
Evitam o acumulo de poeira diretamente na miniatura;
Dependendo do modelo garantem um maior valor de revenda;
Boa parte dos blister são verdadeiras obras de arte.

Desvantagens

Ocupam mais espaço para guardar em casa;
São difíceis de serem expostas, principalmente em casa;
Não se pode tocar diretamente na miniatura;
Alguns blisters são simples demais e feios;

Miniaturas loose

Novamente para quem não esta por dentro do assunto, loose é o termo utilizado para as miniaturas fora da embalagem, vamos observar agora os seus pontos positivos e negativos:

Vantagens

Ocupam menos espaço em casa, pois podem ser guardadas em maletas próprias ou então colocadas em expositores;
Podem ser manuseados livremente;
Podem ser customizados de acordo as habilidades de cada um;
Possuem uma maior variedade de expositores para acomodá-las.

Desvantagens

A pintura com o tempo vai sumindo de algumas partes, principalmente as de plástico, comum em modelos da linha básica;
Os pneus de borracha vão ficando moles com o tempo, e acabam esfarelando;
Acumulam poeira facilmente;
Podem cair e danificar a pintura e outras partes;

Como podem ver para cada um existem vantagens e desvantagens, então qual deles é o melhor? Depende do que você mais aprecia na coleção, se é do tipo que gosta de pegar na miniatura, coloca-la em cima da mesa para fazer as rodas se movimentarem, e mais ainda, se fica feliz ao fazer uma boa foto da mini, então a melhor opção é deixá-la loose. Agora se o que importa é apenas ficar observando a miniatura e a beleza da arte do blister, então as mantenham lacradas.
Mesmo assim, se ainda desejar manter uma parte no blister e outra loose não vai ter problema nenhum também, eu mesmo mantenho a maioria esmagadoras das minhas miniaturas loose, mas tenho algumas que prefiro manter lacradas, principalmente as repetidas, e ainda que preciso abrir para fotografar depois coloco novamente na embalagem, fazer o que, loucuras do colecionismo.

Mas e vocês que acompanham o blog, qual a sua preferência? Comentem.


Comentários

  1. ótima matéria ! sou purista e mantenho lacrados mais por manter as minis em perfeito estado de conservação ,muitos nos julgam como vendedores por manter no Blister ,tenho poucas Looses e o contato direto com a mini é outra coisa ,é muito legal e vc pode trabalhar a sua imaginação como tirar fotos em todo o tipo de ambiente ,pode customizar ,pode usar as minis em dioramas etc ,o legal é ter os 2 tipos de colecionismo na minha opinião .....

    ResponderExcluir
  2. Na minha coleção tenho menos de 5% no blister, todo o restante estão em looses, gosto de tirar algumas fotos e manusear as minhas minis, porém tem algumas que por falta de espaço mantenho no blister... até a próxima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TAMBÉM MANTENHO NO BLISTER POR FALTA DE ESPAÇO

      Excluir
  3. Gosto de abrir as miniaturas também para tirar fotos e postar, além de poder mostrar para as pessoas, mas deixo na estante de acrílico. Já aquelas mais raras como um Super T-hunt por exemplo não tiro de jeito nenhum da cartela, principalmente agora que posso encontrar uma outra igual sem rodas de borracha. Porém é uma questão de cada pessoa, mas o importante mesmo é colecionar, entrar nas páginas para ver as outras coleções, fazer amizades nesse hobby, e ser feliz!

    ResponderExcluir
  4. Tiro TODAS do blister; coleciono pra mim e quero pegar, tirar foto, ter o prazer de limpar, pegar... e se cair... faz parte do jogo. A mini pra mim tem que ter história, arranhão...

    ResponderExcluir
  5. Abrir, tirar blisters, cajas, bases, acrílicos, etc.
    ¡Tirar todo!
    Y que los autos luzcan libres en las vitrinas...
    Abrazos!

    ResponderExcluir
  6. No começo era tudo no blister .. Depois q comecei a colocar nas estantes com tampa de acrílico só deixei os supers nos blister e os pra troca... hj em dia abro quasse todas !! Mais algumas no blister... Rs

    ResponderExcluir
  7. Bela postagem Doalcey! no meu caso eu retiro todas as minis da embalagem.. tanto pela forma como as coloquei expostas no meu quarto, quanto por uma das principais coisas que eu curta fazer em relação ao hobby seja o de fotografar as minis! tê-las nas mãos, e imaginar situações, cenários.. é uma verdadeira terapia!

    ResponderExcluir
  8. A maioria pretendo colocar em expositores para poderem ser melhor apreciadas e manuseadas, algumas séries especiais talvez fiquem no blister, por exemplo as temáticas : carton, filmes , etc.

    faed / santo andré

    ResponderExcluir
  9. As vezes confundo os modelos. Shelby,Camaro, Mustang. De décadas diferentes e pinturas diferentes.
    O blister ajuda muito neste ponto.
    Fora que existem minis complexas de limpar. Tombos, arranhões, pinturas lascando também não são opção.
    Assim só pego loose quando vale muito a pena.
    Também tenho algumas looses mas porque curti tanto,mas tanto o modelo que abri. Mas neste perfil sótenho uma dez minis...

    ResponderExcluir
  10. As vezes confundo os modelos. Shelby,Camaro, Mustang. De décadas diferentes e pinturas diferentes.
    O blister ajuda muito neste ponto.
    Fora que existem minis complexas de limpar. Tombos, arranhões, pinturas lascando também não são opção.
    Assim só pego loose quando vale muito a pena.
    Também tenho algumas looses mas porque curti tanto,mas tanto o modelo que abri. Mas neste perfil sótenho uma dez minis...

    ResponderExcluir
  11. Blister? Embalagem?? já fica no balcão e nem entra dentro de casa, pegar na mão, sentir o cheiro de tinta, pular por segundos na época em q a gente tinha menos de 10 anos de idade, kkk, não tem preço, fora a oportunidade de mostrar os detalhes para os filhos, forte abç Doalcey, sempre imbatível!!!, ótima semana a todos

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  13. DEIXO NO BLISTER.,TENHO UM MONTE LOOSE, MAS SEMPRE UMA TIRO DA CAIXINHA QUANDO É NECESSÁRIO, EX: TEM TINTA QUE DÁ PRA TIRAR TIPO AQUELAS QUE SOBRAM E FICAM INCOMODANDO,OU O FORMATO DA MINI ACABA MEIO ESTRAGANDO DENTRO DO BLISTER, QUANDO A MINI É MAIOR QUE O BLISTER,E UMAS É PQ EU QUERO TURAR DA CAIXINHA ,MAS ALGUNS DE SÉRIE VELOZES E FURIOSOS TEM UM PARTE LOOSE E OUTRA PARTE QUE É DAQUELES BLISTER MAIS BEM FEITOS, FICAM NA CAIXA POR RAZÕES DE VALOR,E ACABAMENTO, A MINI CASA COM A CAIXA,E NÃO É NECESSÁRIO TIRA-LA DE LÁ ATÉ PORQUE ALEM DE PERDER VALOR DE MERCADO FICA COMUM, A CARTELA DA AQUELE AR DE EXCLUSIVIDADE,MAS SÓ TENHO UM CAÇA FANTASMAS QUE ESTÁ NA CARTELA ATÉ TIREI,MAS DEPOIS BOTEI DENTRO DE NOVO E PASSEI DUREX,A MAIORIA É RODA DE PLASTICO, NEM FODENDO QUE COMPRO RODA DE BORRACHA PRA DEIXAR NA CARTELA, SE TIRAR AS RODA FICAM MOLES E ESFARELAM, ENTÃO EU SÓ PEGO RODA DE PLASTICO, RODA DE BORRACHA SÓ 1/24 E 1/32 ,POIS SE FOR HOT WHEELS ACHO QUE NÃO TEM NECESSIDADE DE TER ESTE TIPO DE PREOCUPAÇÃO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÃO QUE EU QUEIRA VENDER,MAS POR SABER QUE AQUELA MINIATURA NA CAIXA VALE MUITO, ME SINTO COM UMA RELIQUEA

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas