Reflexões: Colecionando minis em 2016 no Brasil

Passamos da metade de 2016, e o blog resolveu fazer uma reflexão sobre os preços das minis entre o segundo semestre do ano passado e o primeiro deste, acompanhem.

A primeira parte de 2015 terminou com a linha básica da Hot Wheels custando R$ 7,99 (2,4 dólares) e quando os primeiros dias de julho se mostravam um novo preço apareceu nas lojas - R$ 8,99 (2,7 dólares), e assim foi até dezembro quando um novo aumento foi revelado, dessa vez o preço chegava a R$ 9,99 (3 dólares).

Como se não bastasse, a crise política e econômica no Brasil se agravavam, o dólar ultrapassava a casa dos quatro reais, e o desemprego batia a porta de muitos (e continua até hoje).

O resultado não poderia ter sido pior para o colecionismo, escassez de novidades nas principais lojas como Americanas, Walmart, Le Biscuit, Ri Happy e outras, o que resultou em vários lotes aparecendo em pequenas quantidades em muitas regiões da nação ou ainda, nem aparecendo. Com a falta de novidades e a pouca procura dos pais ou responsáveis pela gurizada os encalhes se multiplicaram.

Em relação as séries colecionáveis de El Segundo, a Retro com o lote das picapes Ford F-250 e Silverado desembarcaram no primeiro trimestre, mas a maioria dos modelos não despertaram grande interesse dos colecionadores, os encalhes se prosperaram, os lotes mais interessantes não vieram e muitas minis legais ficaram apenas no sonho da maioria. O mesmo aconteceu com a série Pop Culture - que sempre foi problemática de venda em solo brasileiro -, coleções com o tema Marvel até hoje podem ser encontradas em lojas de brinquedos aqui no nordeste comendo poeira. A Heritage que alternava versões Real Rides (rodas com pneus de borracha) com Red Line (rodas de plástico com linhas vermelhas) ficou no release 2, uma pena porque os seguintes eram muito bons.

Como a aquisição de novos produtos dependem de boas vendas e marketing apenas séries de Star Wars, Marvel e DC filmes tiveram espaço nas prateleiras com a marca Hot Wheels, novamente um desastre, pois a Car Culture uma das melhores criadas desde a Retro Entertainment em 2013 era lançada com o Brasil ficando de fora.

Para quem gosta de Greenlight e M2 Machines esse período não tem sido diferente, as miniaturas estão sendo comercializadas em uma faixa que varia entre R$ 42,00 e R$ 60,00 (12,3 e 18,2 dólares), quando são encontradas nas lojas especializadas, pois a importação pelo o que se observa foi pequena ou mais uma vez não despertou o interesse do lojista. E assim vai continuar ao que tudo indica - o que é uma pena com os vários lançamentos interessantes da Verde Light.

O hobby de miniaturas na escala 1:64 tem como uma de suas características a renovação, enquanto alguns saem outros chegam, sem falar que momentos como esse de crise ajudam o colecionador a definir de uma vez quais são as prioridades na "garagem", o que significa muitas vez ir em busca daquelas minis tão desejadas que já foram lançadas, mas que foram relegadas a segundo plano em função das novidades que surgiam quase todos os meses.

Mas e você, o que tem achado do preço das minis neste ano? Comente. 

Comentários

  1. Otimo post e reflexao amigo Doalcey Rocha..realmente dias dificeis para o colecionismo...mas que esperamos que em breve melhore,abraços!!

    ResponderExcluir
  2. Aqui em Imperatriz-MA a linha básica já está custando R$12,00...

    ResponderExcluir
  3. Aqui em BH os mainline, os preços tem alternado entre R$7,99 e R$9,99 nas Americanas.
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Quando iniciei e era praticado preços no valor de R $5.99 vc conseguia comprar até 3. Um pra ficar fechado. Um pra abrir. E um pra trocar.

    Era fácil garimpar e ir atrás.
    Hoje a praticamente a 10 são poucas na filtragem que vem pra garagem.
    Por preços assim desestimula a ficar na linha básica e da margem pra procurar linhas mais adultas.

    ResponderExcluir
  5. Excelente post. Realmente, com a alta do preço vamos nos privando cada vez mais, e filtrando mais e mais nossas escolhas. Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Ótimo post, vale a pena analisarmos os "por ques".
    Na minha modesta opinião, o colecionismo no Brasil é muito caro e mesmo as MainLine também são, R$9,99.

    Lembrança pro sobrinhos... esquece.. sempre foi hotwheels, agora não mais.

    Sabemos dos custos de importação, preços do dólar e blá, blá, blá... mas os preços ainda sim são abusivos.

    Estou parando de colecionar e perdendo o tesão exatamente por isso. Não busco minis raras, minha coleção é tematica, mas meu Hobby tem que me dar prazer e o custo justa da tanto prazer quanto a busca por minis.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas