O último lote da série Racing 2012 - Uma analise

O último lote da série Racing 2012 da Hot Wheels trouxe uma série de miniaturas que se tornaram populares e lendárias atualmente, acompanhem.

Novamente Minis in Foco esta falando das miniaturas de 2012, e não é para menos, pois foi o ano com muitas novidades bem legais, um bom exemplo são esses exemplares da extinta serie Racing 2012.

A linha surgiu entre o final de 2011 e o início de 2012 como substituta da Vintage Racing, com 36 modelos divididos em seis lotes que mais uma vez traziam representantes das pistas de corridas dos Estados Unidos. A seu favor a série tinha um ótimo nível de detalhes com faróis e lanternas pintados, corpo/chassi de metal, pneus de borracha, e claro, toda uma história nas pinturas da carroceria.

Como nem tudo são "flores", a Racing tinha como ponto negativo o preço que era três vez maior que um Mainline da época no Brasil (6,00 contra 20,00 reais). Apesar de bem legal os colecionadores nos Estados Unidos e aqui no país não se empolgaram, o que levou ao encalhe dos lotes iniciais que por sua vez levou ao encerramento da linha no final do ano com o lote 6.


O curioso é que o sexto lote não era para ter existido em função da baixa procura pelos primeiros, no entanto, a unidade na Tailândia já tinha produzido algumas caixas do mix, e para não ficar no prejuízo a Mattel encaminhou para alguns mercados no final do ano, especificamente Canadá e Brasil - isso mesmo!!!

Em terras brasileiras pouquíssimas lojas receberam, e a falta de atenção dos colecionadores levou os mesmos a ficarem um tempinho nas gôndolas disponíveis, no entanto, nos Estados Unidos os colecionadores literalmente ficaram "loucos" com os exemplares que não iriam ver nas prateleiras, pois as redes não se interessaram em solicitar.

Mas por que esse lote é tão legal?
Dos seis exemplares apresentados três eram lançamentos: o '76 Corvette Greenwood, o '92 BMW M3 e o Porsche 935/78 "Moby Dick". Todos eles traziam pinturas das versões originais, o Corvette mesmo vinha com o raro decal da corrida de Sebring, cujas as imagens não se encontram fácil na internet.


Sem falar que as miniaturas eram espetaculares e bem fieis aos reais no quesito decais, a exceção ficava para o Porsche que não podia exibir na carroceria a marca de uma bebida alcoólica em um produto que também poderia ser adquirido para crianças.


Além dos lançamentos haviam outros três representantes: o '69 COPO Corvette com a pintura da equipe do ator e piloto James Garner, o Chaparral Camaro com a pintura da equipe Chaparral da Trans Am e o Ford GT40 com uma pintura que lembrava o exemplar da vitória de Le Mans em 1967.

Nos meses seguintes as miniaturas apareceram em pequenas quantidades em outros mercados, mas com baixa produção e grande procura os preços no paralelo dispararam até o final de 2013. Atualmente os lacrados estão com valores próximos da ionosfera, por isso é preciso pensar muito bem nas suas prioridades de aquisição, mas o fato é que eles são muuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuito legais, principalmente para quem gosta de carros de corrida.

Infelizmente o pessoal de El Segundo demorou demais para liberar os exemplares que com certeza teriam sido vendidos rapidamente inicialmente e garantido uma boa vida para a série dedicada as corridas, posteriormente ficou-se sabendo que um sétimo lote havia sido pensado com outros modelos igualmente interessantes como o Toyota 2000GT com uma pintura que só apareceria no mesmo no ano passado no primeiro lote da série Car Culture.

Esta com tempo ainda? Então confira o post com o Corvette Greenwood clicando aqui, com o BMW M3 E30 aqui, o Porsche 935/78 aqui, o COPO Corvette aqui, o Chaparral Camaro aqui e o Ford GT40 aqui.

Comentários

Postagens mais visitadas